Websérie "A Herança"-Episódio 4

25/04/2009

No episódio anterior,Marcelo vai atrás de Joana,a pedido de seu tio Barbosa,para tentar fazer,com que ela volte para o rancho,mas será que ele vai conseguir?Acompanhe agora o quarto episódio de A Herança!

Marcelo:-E então,você volta ou não comigo para o rancho?
Joana:-Não,eu não posso,sei que não sou bem-vinda lá,ainda estou muito magoada com Barbosa.
Marcelo:-Eu te entendo,eu vi quando ele tentou te agarrar a força,e foi aí que eu descobri,que você é...
Joana:-É o que?Uma interesseira?É isso?Sim,pois não é o que todos naquele rancho pensam ao meu respeito,que eu sou uma interesseira,ninguém acredita no carinho que eu sinto pelo seu tio.
Marcelo:-Eu acredito!
Joana:-Você acredita,em mim?Peraí,logo você,que foi um dos primeiros a me criticar,qual é a sua?Porque tá bancando o bonzinho agora?Hã!?
Marcelo:-Eu não estou bancando a nada não,eu só estou abrindo meus olhos,você acha,que se eu não acreditasse em você, eu iria vir até aqui,só pra pedir pra você voltar,sendo que todos falam que você é uma interesseira,e se você fosse,poderia dar um golpe no meu tio,e deixar todos nós na rua,qual é,eu sei que você é uma pessoa bacana,eu acredito em você,será que dá para pelo menos você tentar confiar em mim?
Joana:-Ok,eu ,eu confio em você,e agradeço,pela sua confiança em mim,mas mesmo assim,eu não posso voltar pra aquele rancho,todos me odeiam.
Marcelo:-Todos,menos eu e o titio,por favor Joana,ele precisa de você,é o último pedido que ele está fazendo,e eu prometi a ele que não voltava sem você,quer dizer,eu disse que iria tentar,mas pelo que eu estou vendo,você não quer voltar.
Joana:-Eu adoraria voltar,mas sabe,tenho muito medo,medo de,sei lá,você sabe o que um ser humano é capaz de fazer por dinheiro,no primeiro dia em que pisei naquele rancho,me senti como se fosse um peixinho,no meio de vários tubarões,e é por isso,por eu estar desprotegida,que eu não posso voltar a morar lá.
Marcelo:-Se é só por causa disso,não se preoculpe,pois eu prometo que ficarei sempre do seu lado,eu estou de férias da Porty,e ficarei junto,com você e o tio,o tempo que for necessário,para protege-los,não deixarei que ninguém a magoe mais,acredite em mim,volte!
Joana:-Nossa Marcelo,confesso que estou surpresa,eu não imaginava que você era um cara tão bacana assim.
Marcelo:-E posso ser ainda melhor,basta você me dar uma chance.
Joana:-É,acho que você venceu,está bem,eu volto para o rancho!
Marcelo:-Obrigado,e agora,que tal um abraço,de perdão,você me perdoa,por tudo o que eu te falei?
Joana:-Sim,eu te perdouo!
Os dois se abraçam,durante alguns segundos,Joana suspira alto,ambos sentem seus corações baterem mais fortes,Joana,abraça Marcelo ainda mais forte,ela se sente mais segura nos braços dele,e ainda mais agora sabendo que ele irá protege-la,eis que começa a nascer um sentimento ,uma espécie de paixão ainda que prematura,mas forte,muito forte,após um breve silêncio,Joana conclui,antes de pegar suas malas :
Joana:-Obrigada Marcelo,obrigada por acreditar em mim.
E no rancho...Raíssa,a noiva de Marcelo,chega de viagem,e vai logo perguntando,onde está seu noivo
Sílvia:-Raíssa!Que surpresa,que bom que você voltou!
Raíssa:-Sílvia querida,me poupe dessa sua ceninha patética,que digamos assim,pra ser bem sincera,exala falsidade!
Sílvia:-Falsa!Eu!?Sinceramente Raíssa,você não muda mesmo não,continua a mesma garota fútil,mal humorada e metida de sempre.
Raíssa:-Nossa!Quantos elogios,pare,senão eu fico meio sem graça,dá para deixar de papo furado,e me dizer onde está o Marcelo?
Carlos:- Bom,se eu conheço bem o meu filhão,deve estar por aí,caindo na farra!Afinal,ele puxou ao papai aqui,não é!?He,he!
Raíssa:-Há!Há!Há!Muito engraçado sogrinho!Mas me poupe de suas piadinhas ridículas,Marcelo jamais me traíria,com essas cafoninhas aqui do Rio,imagina,ele que tem cursos em Havard,em Paris,se um dia,UM DIA,ele me trocar,certamente não será por qualquer uma não.
Sílvia:-Ah minha querida,qualquer uma que vier depois de você será muito melhor,inclusive Joana,a tal intrusa,cujo meu sobrinho,seu noivo,foi atrás,para tentar trazer de volta para morar aqui no rancho.
Raíssa:-Como é que é?Que Joana?O Marcelo foi atrás de quem?Dá pra ser mais clara?
Carlos:-Seguinte minha nora,deixa que eu explico,o tio Barbosa,aquele velho gagá,em uma de suas maluquices,arranjou uma namorada,300 anos mais nova que ele,a tal Joana,então,ele resolveu traze-la para morar aqui,só que a moça não agüentou a pressão e foi embora.
Sílvia:-Não,peraí maninho,na verdade,ela só saiu daqui,pois o velho queria leva-la para cama,ou seja,ela deu uma de mocinha virgem ofendida,e foi embora,aí o velho fez um chororô,e pediu para que o Marcelo trouxesse de volta a namoradinha interesseira dele,e é isso que o Marcelo fez,à essa hora ele e ela já devem estar chegando aqui no rancho,se é que ela vai voltar.
Raíssa:-O Marcelo não devia ter ido atrás dessa impostora,é só eu virar as costas,que ele apronta alguma,ah,mas se essa garota pensa que vai colocar os pés aqui,ela tá muito enganada.
Sílvia:-É querida,já imaginou,o que eles não devem estar fazendo agora?Já pensou,se ele se apaixona por essa interesseira!
Raíssa:-Nunca!Só por cima do meu cadáver!Qual é,esse velho pirou ou o quê?Eu juro,juro,que se o Marcelo entrar por essa porta,junto com essa tal Joana,ele vai ouvir umas boas de mim.
Marcelo e Joana chegam,assim que Raíssa fecha a boca.
Carlos:-Olha quem está de volta,se não é a vigaristazinha,qual é,tava com saudade da grana do velho bilionário é!?
Joana:-Escuta aqui,eu voltei sim,mas não precisa se preoculpar,pois assim que o Barbosa partir dessa pra melhor,sim,pois qualquer lugar é melhor,do que aqui,no meio de cobras,como vocês,como eu dizia,assim que ele partir,eu caio fora daqui!
Sílvia:-Sim,claro,nós sabemos disso,você cai fora,levando toda a grana do titio,e dá um belo chute no nosso traseiro,não é,nossa,como você é cara de pau!
Raíssa:-O Marcelo,quem deu permissão,para você se encontrar,pior,buscar essa vadia !Hã!?Quem?
Joana:-Como é que é?Do que você me chamou?Repete se tiver coragem!
Marcelo:-Escute aqui,você não ouse falar assim com a Joana de novo,nem você pai,e tia!Vamos respeita-la,ela não é o que vocês pensam!
Raíssa:-É óbvio que não,ela é pior do que eu imaginava.
Marcelo:-Chega Raíssa!
Raíssa:-Oi Marcelo,nossa,que bela maneira de dar boas vindas a sua noiva,nossa,já vi que você estava morrendo de saudade de mim,seu grosso!
Marcelo:-Desculpa,mas você me tirou do sério,ó vamos lá para cima,e conversaremos melhor.
Marcelo pede para que Alfred leve as malas de Joana para o quarto que era dela,Carlos e Sílvia saem da sala bastante irritados,deixando Joana sozinha,Barbosa chega logo em seguida,e ao avistar Joana,seus olhos se enchem de água,a emoção toma conta.
Barbosa:-Ó!Você voltou,a minha herdeira voltou!
Joana olha com uma expressão de espanto,e ao mesmo tempo indaga:
Joana:-Como assim,minha herdeira,eu já disse que não quero dinheiro algum,será que é difícil de você entender?
Barbosa:-Desculpa Joana,mas não há nada que eu possa fazer,já está tudo resolvido,a herança,é toda sua!
©2009-Cinequarto

1 Soltaram a voz!:

  1. Alan Ramires disse...:

    parabens, admiro muito esse tipo de trabalho; gostaria de dominar esse tipo de arte.
    abraço. alan-desenhos.blogspot.com

Postar um comentário

Gostou ? Então comenta! Sua participação é muito importante para nós!

AtRaÇõEs ReCeNtEs ...








Siga-nos no Twiiter:

 
CINEQUARTO TV © 1997-2017 | Designed by Júnior GrigoloCTV Theme