O assunto é: Arritmia Cardíaca

30/11/2010

De volta com o post "O assunto é', agora comigo, Júnnyor Grigolo, a partir de hoje até o dia 28 de dezembro, eu estarei aqui com uma série de assuntos ligados a saúde, uma série especial sobre cuidados com o seu coração, afinal o final do ano está chegando e precisamos nos preparar para as comemorações que virão, e o assunto de hoje é: "Arritmia Cardíaca".

Arritmia Cardíaca              
Arritmia cardíaca é um problema na velocidade ou ritmo do batimento cardíaco. Durante uma arritmia o coração pode bater muito rápido, muito devagar, ou com ritmo irregular. Batimento cardíaco muito rápido é chamado de taquicardia, enquanto muito devagar chama-se bradicardia. A maioria das arritmias não causa danos, porém algumas podem ser sérias ou até ameaçar a vida. Com arritmia cardíaca o coração pode não ser capaz de bombear sangue suficiente para o corpo, o que pode danificar o cérebro, coração e outros órgãos.

Quais os fatores que podem levar uma pessoa a ter arritmia cardíaca?

Estresse, fumo, grande ingestão de álcool, exercício físico muito forte, uso de certas drogas (como cocaína e anfetaminas), uso de alguns medicamentos, e muita cafeína podem ocasionar arritmia em algumas pessoas. Um ataque cardíaco, ou outras condições que danificam o sistema elétrico do coração, também podem causar arritmia. Essas condições incluem pressão alta, doença da artéria coronária, insuficiência cardíaca, hipotireoidismo, hipertiroidismo, e doença reumática do coração. Para algumas arritmias, como a síndrome Wolff-Parkinson-White, o defeito cardíaco que causa a arritmia está presente no nascimento (congênito). Algumas vezes a causa de uma arritmia não pode ser encontrada.

Sintomas da arritmia cardíaca
Muitas arritmias não ocasionam nenhum sinal ou sintoma. Quando os sinais e sintomas estão presentes, os mais comuns são:
* Palpitações cardíacas (sensação de que o coração pulou uma batida ou está batendo muito forte).
* Batimento cardíaco lento.
* Batimento cardíaco irregular.
* Sensação de pausa entre os batimentos cardíacos.
 
Sintomas e sinais mais sérios incluem:
* Ansiedade.
* Fraqueza.
* Tonteira e dor de cabeça leve.
* Transpiração.
* Falta de fôlego.
* Dor no peito.
 
Tratamento de arritimias
Os tratamentos mais comuns para arritmias incluem remédios, procedimentos médicos e cirurgia. O tratamento é necessário quando a arritimia causa sintomas sérios como tonteira, dor no peito e desmaio, ou quando ela aumenta a probabilidade de desenvolver complicações como insuficiência cardíaca ou ataque cardíaco súbito.

Fonte: Copacabana Runners

                                                    ©2010-Cinequarto

0 Soltaram a voz!:

Postar um comentário

Gostou ? Então comenta! Sua participação é muito importante para nós!

AtRaÇõEs ReCeNtEs ...








Siga-nos no Twiiter:

 
CINEQUARTO TV © 1997-2017 | Designed by Júnior GrigoloCTV Theme