Websérie Azaração episódio 09

17/11/2010


Júlia cuida dos ferimentos de Rodrigo e a azaração rola solta.


Rodrigo:- Nossa, com uma enfermeira dessas eu ficaria machucado todos os dias.

Júlia:- Peraí, você está me azarando ou é impressão minha?

Rodrigo:- O que você acha?

Júlia:- Eu? Bom, é, eu não acho nada, fique quieto senão eu não vou conseguir colocar o remédio.

Rodrigo:- Que tal um beijo para anestesiar a minha dor?

Os dois se beijam novamente.


E nos fundos da RECO, Caio e Amanda discutem...


Caio:- Você não pode contar isso pra ninguém, tira esse bebê primeiro e depois conte pra quem você quiser.

Amanda:- Eu não vou abortar, e vou contar a verdade a todos sim, chega de mentiras, chega, eu não agüento mais. Caio se coloque no meu lugar, eu perdi a minha melhor amiga, e ainda por cima tive que mentir, coisa que eu odeio.

Caio:- Não interessa, se você não abortar e contar a todos, você vai me perder também.

Amanda:- Ah! Quer saber, estou pouco me lixando pra você, se você me amasse de verdade, ficaria do meu lado, que espécie de homem é você hein, seu frouxo!


Caio empurra Amanda, que cai, Claudete presencia a cena, Amanda começa a sangrar.


Claudete:- O que está acontecendo aqui, nossa ela está sangrando, o que está esperando rapaz, chame uma ambulância!

Caio:- Oh meu Deus, ta bom, calma.


Sandrinha tenta consolar Tiago, que não aceita a idéia de ser rejeitado por Júlia.


Sandrinha:- Essa garota não te merece Tiago, desiste dela, eu sim te amo de verdade.

Tiago:- Você tem razão, mas mesmo assim, ela e aquele prego vão pagar caro.

Sandrinha:- É isso aí, quem diria, quer dizer que ela te humilhou e te deu o maior fora? Nossa essa patricinha se acha mesmo, se você quiser, eu te ajudo a acabar com esses dois.

Tiago:- Valeu, já que você quer me ajudar, venha comigo, eu tenho um plano.

Sandrinha:- Ok, eu topo qualquer coisa, mas fala aí, o que eu ganho em troca?

Tiago:- Que tal, eu?

Sandrinha:- Fechado!


E no hospital...


Claudete:- E aí doutor, o que ela tem?

Médico:- Bom, ela sofreu um aborto espontâneo e agora está em observação, mas ela está muito bem, não sofre risco algum.

Claudete:- Aborto espontâneo? Como assim? Ela não estava grávida.

Médico:- Desculpa, mas estava sim, fizemos alguns exames e foi diagnosticado um aborto espontâneo.

Caio:- Com licença doutor, Claudete, eu posso explicar.

Médico:- Bom, vou deixá-los a sós, com licença.

Claudete:- Acho bom você ter uma ótima explicação.

Caio conta toda a verdade para Claudete, que fica muito decepcionada e indignada com a situação. Na mesma hora Claudete liga para os pais de Caio e Amanda.


E na RECO...


Júlia:- E aí, o que aconteceu com a Amanda?

Roberta:- Desculpa, mas eu não falo com ladra.

Júlia:- Edu, por favor, me diga, o que aconteceu?

Edu:- Então, a Claudete ligou agora e disse que a Amanda sofreu um aborto, foi isso.

Júlia:- Nossa, eu preciso ir lá vê-la.

Rodrigo:- Tem certeza?

Júlia:- Sim, eu preciso, você vem comigo?

Rodrigo:- Sim, vamos.


E mais tarde no hospital, Júlia entra no quarto de Amanda para vê-la.


Júlia:- Oi!

Amanda:- Júlia! Nossa, eu nunca pensei que você pudesse vir até aqui.

Júlia:- Pois é, mas eu vim, e aí, é verdade que você sofreu um aborto?

Amanda:- Sim, ai, foi horrível, mas sabe, no fundo, foi bom que isso aconteceu, só assim, eu não preciso mais mentir e enfim, e tudo será esclarecido, e só assim Sandrinha irá pagar por tudo o que fez.

Júlia:- Bom, é, que bom que você está bem, então, eu vou nessa, te mais.

Amanda:- Júlia espera!

Júlia:- O que você quer?

Amanda:- Bom, não sei se você sabe, mas meus pais estiveram aqui, e parece que eles vão me tirar da RECO e do INEUS, ou seja, assim que eu sair desse hospital, eu e o Caio iremos embora, cada um para a sua casa e enfim, o colégio e a república, ambos não admitem qualquer ato que venha sujar ou manchar a reputação da escola, e só pelo fato de eu ter tido relações sexuais em uma festa dentro da escola, já foi o suficiente para a minha expulsão, quer dizer, minha e do Caio.

Júlia:- Nossa sério?

Amanda:- Sim, mas como tanto eu como o Caio temos notas boas, e faltam poucos dias para a formatura, teremos o direito de irmos à formatura e concluir o ensino médio.

Júlia:- Menos mau, ta, mas tipo, o que você tem a me dizer?

Amanda:- Então, tipo, como você ainda está brava comigo e com razão, e como a gente certamente depois da formatura, depois de tudo que aconteceu, não iremos mais nos ver, eu só preciso que você me de o seu perdão, só, isso, por favor, eu sei que eu errei, mas me perdoe.

Júlia:- Ok, todos merecem uma segunda chance, fique tranqüila, você está perdoada.


Amanda:- Sem querer abusar, mas, posso te pedir um abraço?


Júlia tenta evitar, mas o sentimento de amizade que ainda existe entre ambas é mais forte e as duas se abraçam emocionadas.


Sandrinha é desmascarada na frente de todos, ela não é expulsa da escola, mas levou uma tremenda punição, ajudar na limpeza das salas de aula após cada aula.


Lucas:- Limpa direito aí, faxineira! Há! Há!

Sandrinha:- Amiga, você não vai dizer nada?

Roberta:- Eu, sua amiga? Ta maluca? Na boa, roubar a própria escola, e ainda colocar a culpa em uma inocente, isso já é muito, desculpa, mas amiga ladra e mentirosa, eu to fora.

Sandrinha:- Idiotas! Grrr!


Júlia recupera sua popularidade e volta a ser a presidente do grêmio estudantil.
Edu e Débora assumem o namoro e o colégio volta atrás e deixa com que Caio e amanda continuem estudando por lá até a formatura. Já na república RECO Claudete não permite que os dois permaneçam, e eles são expulsos, e após a cada aula os pais de ambos vem buscá-los para retornarem para suas casas.
Júlia aceita o pedido de namoro de Rodrigo e Tiago fica cada vez mais maluco e aumenta sua paixão doentia pela garota, sua situação é grave.
Sandrinha:- Peraí, você está fumando e bebendo?


Tiago:- Sim, e qual é o problema.

Sandrinha:- Ta, mas tipo é cigarro mesmo, ou tem alguma coisa misturada aí.

Tiago:- Que alguma coisa o que, isso é cigarro, cigarro comum, na boa, você acha que eu iria usar drogas e colocar minha vida fora, ta maluca?

Sandrinha:- Mas é por aí que começa, começa com um cigarrinho, depois uma pedrinha, uma bebida, um cachimbo aqui outro ali.

Tiago:- Ô Sandrinha, na real, se é pra vir aqui me encher o saco, vaza, porque de problemas eu já to cheio.

Sandrinha:- Está cheio porque quer, na boa, você não tira aquela garota da cabeça mesmo não é? Cara, isso já está virando obsessão.

Tiago:- Eu amo a Júlia, e hoje ela vai ser minha, eu vou pegar ela na escola hoje e vou levá-la para bem longe, e ela vai ser minha pra sempre.

É o cara tá ficando maluco, chegamos na reta final da websérie, não percam na próxima quarta, mais um episódio de Azaração, a partir das 8 da manhã, eu espero você aqui.
 
©2010-Cinequarto

0 Soltaram a voz!:

Postar um comentário

Gostou ? Então comenta! Sua participação é muito importante para nós!

AtRaÇõEs ReCeNtEs ...








Siga-nos no Twiiter:

 
CINEQUARTO TV © 1997-2017 | Designed by Júnior GrigoloCTV Theme