O assunto é: Viciados na web

24/05/2011

Viciados na web
Ei, o que você está fazendo aqui? Ah, já sei, veio conferir o blog, mas antes, onde estava? Em alguma rede social, página de tv, games ou do seu artista favorito, ou estava fazendo algum download ou upload de algum arquivo? Quanto tempo você costuma ficar por dia na web? 5 horas, 10 horas, o dia inteiro? Pois saiba que todas essas perguntas poderão ser resumidas em poucas palavras do nosso assunto de hoje que é: "Viciados na web".

Eu viciado?
Quando se fala de vicio, ou aquele cara é um viciado, logo se pensa em drogas, correto? Pois é, mas está errado quem pensa que, para mim ser considerado um viciado eu preciso usar algum tipo de droga, não é nada disso, para mim ser considerado um viciado, basta eu abusar de algo tão simples, de coisas rotineiras, como jogar vídeo game todos os dias, por horas até amanhecer, assistir a tv o dia todo, e repetir o mesmo ato por vários dias, e ficar horas e horas conectado, mais de 15 horas por dia, só parar para fazer uma "boquinha", se parar.
Claro muitas vezes somos obrigados a nos sentar durante horas na frente do pc, pois vários profissionais precisam estar bem informados para realizarem suas tarefas dentro de uma empresa ou de sua própria casa, ou também precisamos encontrar algum tema para o trabalho da escola ou faculdade, enfim, mas muitas vezes nos sentamos, pois temos a necessidade de estar bem informado e de estar trocando idéias com outras pessoas, muitas vezes amigos e parentes.
A internet é sim algo viciante, mas é preciso usar de foram bastante moderada, para não se tornar um dependente desse mal que cresce cada vez mais, não só aqui no nosso país como no mundo inteiro. Com a modernização, a facilidade e o aumento de programas que levam o acesso livre a internet a todos, os especialistas começam a  se preocupar com um aumento de pessoas conectadas a web, pois isso faria com que elas se afastariam mais do mundo aqui fora e isso afetaria de alguma forma sua vida social e no seu comportamento. As pessoas que sofrem com o vício na web geralmente confessam que passam mais tempos conectados do que desconectados, porém, muitos não confessam ou não querem ser taxados como viciados por internet, o que gera um certo conflito, do tipo, "imagina, eu viciado? Rãn!"

Como saber se você é ou não um viciado por internet!
Você pode descobrir através dos sintomas abaixo,e se você se identificar com pelo menos 5 dos 8 sintomas, é melhor  diminuir seu tempo online ou procurar ajuda de um psicólogo:
1 – Tenho um desejo e um impulso forte para utilização da Internet.

2 – Quando me afasto da internet tenho alterações de comportamento, tais como ansiedade, nervosismo ou raiva.

3 – Tenho superado o tempo que ficava antes na internet e hoje  varei a madrugada, mas amanhã quero bater o recorde de hoje.

4 – Ficar na rede por muito tempo tem causado efeitos prejudiciais na minha vida pessoal.

5 – Tento diminuir, mas tenho dificuldade para controlar o tempo de uso da rede.

6 – Para ficar online, deixo de ir a balado, festa,ou de participar de atividades sociais com amigos ou família.

7 – Uso a internet  como refúgio de meus problemas ou alívio para meus sentimentos ruins.
8 – O conteúdo que eu acesso na web não é focado na educação, relacionamentos ou no lado profissional.
Faça o teste você também! A vida real é melhor que a virtual 
Bom, eu fiz esse teste e me identifiquei com 4 desses sintomas, confesso que antes eu me identificava com 6 desses 8 sintomas, mas agora posso me considerar um ex-viciado, dou preferência a tv, a sair ou a ler, até escrever ou desenhar, mas a web já não é mais uma preferência, faça o teste acima você também e se precisar, procure um psicólogo, acredite, o vício na web já é considerado uma doença, não faça parte dessa turma de viciados, use a web sempre, mas use com moderação, assim como eu, você vai ver como a vida será bem melhor. E o mundo não vai acabar se você ficar sem postar em seu blog por alguns dias, ou deixar de jogar seu game favorito ou falar com seu amigo através de uma rede social, acredite, o mundo real é muito melhor que o virtual. O virtual é apenas o belo, o imaginário, ali você fala o que pensa ouve o que quer e o que não quer, vê o tudo que muitas vezes é nada. Já no real a vida é dura é cheia de desafios e nem sempre você fala, vê, nem ouve o que quer, mas a realidade é ali. Pense agora, melhor coloque em prática, pegue tudo de bom que você faz no mundo virtual se desconecte e faça tudo na sua vida sem cabos e conexões sem tela nem setas e páginas intermináveis, fale, pense, veja, e transforme sua vida. Precisamos cair na real e se tocar, caia na real você também, esse foi mais um, O assunto é. 
©Grupo Cinequarto  

0 Soltaram a voz!:

Postar um comentário

Gostou ? Então comenta! Sua participação é muito importante para nós!

AtRaÇõEs ReCeNtEs ...








Siga-nos no Twiiter:

 
CINEQUARTO TV © 1997-2017 | Designed by Júnior GrigoloCTV Theme