Terapia Caótica

25/07/2014

     

                                          Privação ou liberdade de expressão?

Vivemos em uma sociedade onde quem tenta se sobressair e realmente expressar o que pensa é tachado de preconceituoso ou prepotente. Não podemos viver a mercê de uma “comunidade” que vive querendo nos padronizar, temos sim que nos impor mostrar nossas opiniões acerca dos mais diversos assuntos, até porque pensar diferente ou ir contra a opinião de alguém não é ofensivo, o que não se pode é ofender ou denegrir a imagem de alguém fora isso temos o livre arbítrio para expressar os nossos pensamentos.
                Mas se a Constituição Federal de 1988 nos ampara em nossa liberdade de expressão porque os comentários da jornalista Rachel Sheherazade foram tão mal julgados? Ela fez um comentário no telejornal SBT Brasil referente a um assaltante que foi amarrado em um poste, e disse o seguinte: “é possível compreender a atitude de algumas pessoas terem amarrado o assaltante em um poste”. Após isso o Ministério Público pressionou o telejornal pedindo que fossem “barrados” os comentários dela, mas porque isso? Houve alguma ofensa a moral de alguém? Ou realmente estamos sofrendo uma repressão de opinião? 
                No programa Na Moral (Rede Globo) que tinha como tema justiça, o Ângelo Castilho criador da página ‘Reage Flamengo’ foi mais afundo sobre o mesmo tema da jornalista e a fala dele foi a seguinte: “antes desse rapaz estar no poste, três pessoas foram esfaqueadas no bairro e poderiam ter morrido”. Essa foi à opinião dele e porque não expressarmos a nossa? Medo de represálias? Medo de criticas?
                Dei o nome ao meu espaço aqui de Terapia Caótica justamente porque irei falar de temas polêmicos, que estejam ocorrendo em nossa sociedade, no nosso meio de convívio, o que de fato será uma terapia, porém no mundo de hoje e com essas diversas coisas que tem ocorrido se torna uma terapia confusa (Terapia Caótica).    
                Conto com a opinião de vocês, a expressão de pensamentos, para levarmos adiante o nosso pensamento e mostrarmos a “sociedade” que não fazemos parte dos estereótipos impostos por ela e pela mídia. 


Beijinhos :*
Nádia Dutra © Cinequarto

3 Soltaram a voz!:

  1. Carla disse...:

    Na boa, acho um absurdo amarrar no poste, é humilhação, então prendam o meliante

  1. Rosane G. disse...:

    Amei seu texto, sucesso em seu novo espaço aqui no blog

  1. Nádia Dutra disse...:

    Carla, não sou a favor do tal "olho por olho, dente por dente" porém ao ver a indignação do povo com esse homem que esfaqueou três pessoas inocentes consigo refletir e compreender tal atitude tomada mas te confesso que sou adepta de uma lei mais severa para essas pessoas que destroem vidas inocentes.
    Fico imensamente feliz que tenha gostado do meu texto Rosane.
    Beijinhooos

Postar um comentário

Gostou ? Então comenta! Sua participação é muito importante para nós!

AtRaÇõEs ReCeNtEs ...








Siga-nos no Twiiter:

 
CINEQUARTO TV © 1997-2017 | Designed by Júnior GrigoloCTV Theme