Estereótipos de beleza

22/08/2014

       
Há muito tempo a “mídia” vem impondo seus esterótipos de beleza, que são sempre perfis magérrimos ou repleto de músculos e ao ver deles os que não seguem a risca esses padrões são os tais tachados de feios, gordos e tantas outras coisas.
      O problema está na mente humana, quem disse que para ser bonito tem que ser desse ou daquele modo? Creio que não haja nenhum padrão a ser feito como único perfil de beleza, cada um tem a beleza a seu modo independente de sua forma física ou traços. Primeiramente o que tem que ser mudado realmente é o nosso modo de pensar, e conseguirmos de fato enxergar tudo o que há de belo em nós.
      Inúmeros transtornos tem atingidos as pessoas devido a “ter” que seguir esse padrão a todo custo, alguns fazem diversas plásticas sem nem precisar, colocam silicone, induzem vômitos e etc. E sabemos bem que tudo isso vão gerando doenças, insatisfação pessoal. Infelizmente todas essas buscas por mudanças não valem a pena, pois a beleza está no que somos, no nosso interior, no nosso corpo mas desse mesmo jeitinho que somos, sem mudar nada. Que graça teria o mundo se todos fossemos iguais?
      Algumas “modificações” são necessárias as saúdes, essas eu compreendo e assino embaixo, só discordo das que fazem as mesmas sem nem ser preciso. Não se privem de viver, de se “mostrar” só porque não fazem parte de um padrão imposto, se amem acima de tudo. Esqueçam um pouco os tais quilinhos a mais ou a falta dos mesmos, o corpo musculoso ou a falta dos mesmos, as celulites, estrias... O importante é ser feliz e se sentir linda e quem não souber valorizar você exatamente do seu jeito é porque nunca irá merecer você.
     Enfim, o que importa é vocês se aceitarem do jeitinho que são e quem for contra?
Que se . . .
O importante é estarmos bem com nós mesmos, e se sentindo lindos, amados.

    OBS.: Já que tanto ouvimos falar sobre tais estereótipos de beleza lanço aqui um desafio a vocês, me mandem fotos mostrando as suas belezas devidamente identificadas e com uma frase acerca do assunto.
Mandem para o e-mail: nadynhatds@gmail.com e semana que vem estarei formando um mural com as fotos e mostrando o quão lindo vocês são, aliás, somos.


CONTO COM VOCÊS!

E já que lancei o desafio inicio com o meu aqui.

#Desculpa aí "mídia" não faço parte dos teus padrões de beleza e nem quero!






















Beijinhos :*
Nádia Dutra © Cinequarto

7 Soltaram a voz!:

  1. Carla disse...:

    eu sou feia e gorda, mas me amo eu acho que isso é o que vale, amei seu post

  1. Nádia Dutra disse...:

    Carla, não se defina como feia e gorda, e sim linda pois é assim que temos que nos ver.
    E aguardo tua participação no desafio.
    Obrigada por sempre me acompanhar aqui.
    Beijinhos :*

  1. Rosane G. disse...:

    excelente post Nádia, como sempre seus textos são simples e reflexivos

  1. Anônimo disse...:

    adorei seu post, tem muito rostinho bonito por aí podre por dentro e muita gente feia por aí, mas com um coração enorme, inteligente e com uma simpatia que faz vc se apaixonar, como dizem a pessoa pode não ser linda mas se for simpática e tiver carater se torna a mais linda de todas

  1. Muito colocado o seu post. Infelizmente as pessoas se tornaram escravas desse sistema. É o corpo no padrão, roupa no padrão, frequentar lugares do padrão, ouvir a musica do padrão. E a maioria faz de tudo para estar dentro desse padrão e segregam que não se enquadra.

  1. Nádia estou precisando fazer um pouco dessa terapi caótica..rsrsrs.. Muito bom seu post...

  1. Nádia Dutra disse...:

    Agradeço imensamente aos elogios e por sempre me acompanharem aqui.
    Márcio Fontenele infelizmente esse "padrão" tem tentado de tudo para atingir a todos, uniformizar.
    Obrigada por me acompanhar aqui e venha fazer a Terapia Caótica :*

Postar um comentário

Gostou ? Então comenta! Sua participação é muito importante para nós!

AtRaÇõEs ReCeNtEs ...








Siga-nos no Twiiter:

 
CINEQUARTO TV © 1997-2017 | Designed by Júnior GrigoloCTV Theme